Os Amantes de Poesia como Eu

Translate

quinta-feira, 19 de junho de 2014

O Poema ROSTOS consta em todos os meus livros (abrindo ou encerrando)

Foto para Capa meu  novo
 Livro Simplesmente Poesia


Pequenos rostos
São tantos pequenos rostos
São tantos pequenos traços
São tantos infindos poros
São rostos alegres ou tristes
São traços de amor ou ódio
São poros que exalam os odores da vida
São rostos
São traços
São poros
Visíveis
Presumíveis.
Mas os corações são mistérios enterrados
E as almas prisioneiras invisíveis.
Ah! 
Se... 
pudesse trazer à tona
Os corações e as almas...
E torná-las visíveis
Presumíveis
Então o mundo seria diferente
Feliz.
Com rostos e traços
Trazendo pelos poros
O restante do bendito
Hálito da vida.
Então...
Seriam...
Muitos rostos felizes!
Muitas almas cristalinas
Muitos traços
Realçados
Trans... pi... ran... do
Res... pi... ran... do
VIDA
CatiahoAlc./ReflexodAlma